Para uma empresa se tornar competitiva em seu setor de atuação ela busca mecanismos que tornem os processos mais ágeis e com menos custos, o que a coloca a frente de seus concorrentes. Tecnologias como o Outsourcing, Suíte Automotiva e Gate Virtual, desenvolvidas pela Sawluz, empresa especializada no transporte, análise e armazenamento da informação EDI e DF-es (Documentos Fiscais Eletrônicos), contribuem para que as empresas dos setores automobilísticos e de agro máquinas se modernizem e ganhem em automação de serviços de alta escala, agilidade, prevenção de falhas e gerenciamento.

Neste contexto, a ferramenta Suíte Automotiva foi criada, especificamente, para o auxílio tecnológico de cada corporação. A tecnologia é dividida em cinco módulos diferentes que envolvem desde o processo de fabricação e de solicitação à etiquetagem e entrega final dos produtos, otimizando assim todo o processo logístico desses players. Com foco no gerenciamento de infraestrutura em TI, o Outsourcing, solução criada para permitir que nossos clientes possam se dedicar ao crescimento dos negócios e reduzir custos em diversas áreas.

Conta com um Data Center que possui todos os requisitos necessários para atender as demandas e oferecer os resultados esperados. A gestão é feita por uma equipe especializada, que monitora constantemente as informações e utiliza as melhores tecnologias para eliminar os processos críticos e imprevistos de comunicação durante o tráfego de dados, garantindo agilidade, segurança e aumento da produtividade.

Para atender os processos de documentos fiscais eletrônicos, a Sawluz criou a ferramenta Gate Virtual. Em tempo real, a tecnologia contempla dados básicos, tributários, fiscais e aspectos logísticos até o armazenamento em um sistema seguro e de fácil acessibilidade que garante o controle integral de todo o ciclo que envolve uma nota fiscal, fazendo a validação de todas as informações.  

Segundo Werter Padilha, presidente fundador da Sawluz, “a redução vem nos aspectos preventivos e gerenciais que dispensam gastos com o operacional. Um funcionário que teria, basicamente, que preencher notas ou fiscalizar produtos de uma determinada remessa, pode ser melhor aproveitado no processo gerencial, contribuindo assim para uma dinâmica ainda mais funcional, considerando que, nestes players (automotivo e agro máquinas), se destacam as empresas, tecnologicamente, mais estruturadas”.  

 

Fonte: Agro Link